Blogs do Ano - Nomeado Moda

Como ter uma boa imagem sem gastar muito dinheiro

Para ter uma boa imagem tenho de gastar muito dinheiro. Este é um dos mitos de moda mais frequentes. Mas convém não confundir poder de compra com estilo.

Já se sabe que quem tem uma maior flexibilidade de orçamento pode renovar com mais frequência o seu guarda-roupa, adquirir novas peças em cada estação e investir em artigos de qualidade. Porém, ter muita roupa não é sinónimo de estilo ou de boa imagem.

Mesmo com uma verba bastante limitada, o importante é saber escolher as peças que mais valorizam o seu tipo de corpo e conjugar a roupa com mestria, de modo a obter diversas combinações.

Aliás, no meu livro “Imagem Profissional, Guia de Estilo” apresento algumas sugestões sobre como pode melhorar a sua imagem e rentabilizar o seu orçamento.

Como ter uma boa imagem com pouco dinheiro
1.Construir um armário cápsula

Saber construir um armário cápsula pode ser uma ajuda valiosa para quem tem um baixo orçamento e pouco espaço no roupeiro. O objetivo é apostar num conjunto de peças limitadas, entre 15 e 50, que sejam versáteis e possam ser facilmente combinadas entre si. A ideia é simplificar o dia a dia, poupando tempo e dinheiro, mas também evitar ter uma enorme quantidade de peças. Saber identificar as peças-chave do seu guarda-roupa é o primeiro passo para rentabilizar o orçamento.

2. Simplificar e reduzir pode ser uma vantagem

Ter um armário cheio de roupa pode ser uma desvantagem, pois implica uma maior capacidade de organização. Quantas vezes já lhe aconteceu não encontrar as peças que procura ou descobrir que tem cinco pares de calças quase iguais? Quanto maior é a quantidade de roupa, mais provável é não vestir uma grande percentagem dos artigos. Liberte-se do que já não usa ou não a favorece. Assim, vai criar um guarda-roupa mais funcional e conseguir ter as peças visíveis e sempre à mão.

3. Conhecer o seu corpo e a roupa que mais o valoriza

Esta é a primeira regra para ter uma boa imagem: saber escolher a roupa que mais a valoriza. Identifique qual é o seu tipo de corpo, bem como os seus pontos fortes (por exemplo, o decote ou as pernas) e pontos fracos (por exemplo, o pescoço curto ou a barriga saliente). Assim, vai adquirir peças, que tenham em conta as suas características físicas, bem como realçar as partes do corpo de que mais gosta.

4. Apostar no corte e tamanho mais adequado

Outro ponto importante a ter em conta é se a roupa lhe assenta bem e é do tamanho adequado. Há quem escolha um tamanho abaixo para parecer mais magra, mas na realidade o efeito vai ser o contrário, pois além de ficar apertada vai sentir-se desconfortável. Por outro lado, a roupa muito larga e comprida pode dar-lhe um aspeto desleixado. Escolha um modelo adequado ao seu tamanho. Recorra, ainda, a uma costureira, caso necessite de fazer ajustes nas mangas ou bainhas.

5. Aproveitar as promoções e outlets

Para construir um guarda-roupa com básicos de moda de qualidade vai ter de investir algum dinheiro. Aproveite para comprar em outlets, cujos descontos podem ir até aos 70%, ou aproveite as promoções e a época dos saldos. Uma boa dica é subscrever as newsletters das suas marcas de moda favoritas e estar atenta aos descontos privados, já que pode poupar 30% a 50% nas suas compras.

6. Investir em básicos de moda

A vantagem de investir em bons básicos de moda é que estes são versáteis, intemporais e duradouros. Ou seja, permitem uma maior diversidade de combinações (vários conjuntos com as mesmas peças), podem ser usados em várias ocasiões e duram vários anos. Um bom exemplo é apostar num bom blazer, casaco de inverno ou calças lisas, que pode usar tanto no trabalho como nos seus tempos de lazer. Pelo contrário, gaste menos dinheiro numa peça tendência, já que esta passa rapidamente de moda.

7. Personalizar o visual com acessórios

Nunca me canso de repetir, que os acessórios podem mudar por completo um visual, por exemplo, tornando-o mais criativo, trendy ou sofisticado. Aposte em acessórios de qualidade, como uma mala, lenço ou sapatos, que complementem o seu coordenado. Além disso, estes são uma boa forma de personalizar o seu estilo, dando-lhe aquele toque pessoal. Com o clássico vestido preto pode conseguir vários looks, recorrendo a um colar vistoso, uma clutch colorida ou uns sapatos animal print.

Gostaram das sugestões?

Acompanhem-me também no Facebook e Instagram

Rita Carvalho

Comentários sobre o post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.