Blogs do Ano - Nomeado Moda

Cosmética natural, biológica e orgânica

cosmética natural e orgânica

Adotar hábitos mais saudáveis não passa só por comer mais vegetais e fruta ou andar a pé 30 minutos por dia.

Se em 2018 resolvi mudar a minha alimentação, o desafio para este ano é ter um estilo de vida mais sustentável. Ou seja, ter em conta o que pode afetar ou contribuir para a minha saúde e bem estar, mas também para o planeta.

Por isso, é importante estar atenta à origem dos ingredientes, mas também ao processo de produção e ao impacto socioambiental dos produtos que consome.

Os ingredientes cosméticos tóxicos para a saúde

Enquanto consumidora voraz de produtos de cosmética, o primeiro passo foi compreender o impacto dos ingredientes na saúde, já que muitos dos cosméticos industrializados têm na sua composição derivados de petróleo e compostos químicos tóxicos para o corpo.

Entre os mais comuns, encontram-se os parabenos, silicones, amianto, chumbo, alumínio, formaldeído, sulfatos e petrolatos, entre muitos outros ingredientes nocivos, que podem alterar as funções hormonais, criar alergias, irritações na pele e, até mesmo, provocar cancro. Se quiser aprofundar esta temática, pode descarregar aqui o livro digital gratuitoBeleza Tóxica – saiba o que está por trás do seu cosmético.”

Para quem ainda não iniciou este processo de mudança, tanto na alimentação como na cosmética, aproveite para começar esta nova etapa em 2019, adotando novos hábitos e comportamentos mais saudáveis. O corpo agradece e o planeta também!

cosmética natural

Por que este é um assunto, que pode ser confuso para quem inicia esta pesquisa, passo a explicar o que significam alguns dos rótulos presentes nos produtos de cosmética natural, biológica e orgânica.

Movimento Slow Beauty – Beleza Natural, Consciente e Sustentável

Provavelmente, já ouviu falar destes conceitos de beleza natural, consciente e sustentável. Mas sabe o que realmente significam?

O movimento slow beauty surgiu nos Estados Unidos e adapta a filosofia de alimentação saudável e consciente aos cuidados de higiene e beleza. Este conceito privilegia a qualidade de vida e valoriza a beleza de dentro para fora, sem visar resultados instantâneos. Ao consumir de forma consciente vai começar por identificar os ingredientes (nocivos) nos rótulos dos produtos e procurar alternativas mais naturais.

A proposta slow beauty também abrange a preocupação com a cadeia produtiva e com o comércio justo, incentivando a compra de produtos locais, minimamente processados, livres de testes em animais, éticos e responsáveis, sob o ponto de vista social e ambiental.

Além disso, este movimento pretende minimizar a quantidade de cosméticos comprados e utilizados na rotina diária, preservar os saberes ancestrais e as receitas caseiras, informar sobre os melhores ingredientes e, até mesmo, incentivar a fazer os seus próprios cosméticos em casa. Ou seja, defende a simplicidade, a saúde e o cuidado holístico para si e para o planeta.

O que significam os rótulos nos produtos de cosmética

Eco-friendly ou “amigo do meio ambiente” – É aplicado tanto às práticas ecológicas no processo de produção, como ao tratamento adequado de resíduos ou às características do produto final, como é o caso de embalagens recicláveis, biodegradáveis, ingredientes naturais, entre outros

Cruelty-free – Produtos que não são submetidos a testes em animais

Green Beauty ou Eco Beauty – Produtos de cuidado para o corpo com cosméticos ecológicos. O crescente interesse dos consumidores por produtos naturais, orgânicos e éticos tem vindo a ampliar o conceito de green beauty. Este é um estilo e filosofia de vida, que acredita que não é necessário sacrificar a saúde e o meio ambiente para sentir-se mais bonita. Como tal, defende o uso de produtos naturais (sem componentes tóxicos, sintéticos e químicos) e de embalagens amigas do ambiente (de vidro e plástico biodegradável)

Skin Food ou “cosméticos que alimentam” – Cosméticos que nutrem a pele e, consequentemente, trazem benefícios ao organismo como um todo, como o óleo de coco, o abacate ou o leite de aveia

cosmética natural

Vegan-friendly – Relativo aos produtos que não foram testados em animais, bem como não contêm ingredientes de origem animal na sua composição, como o mel, própolis, lanolina, glicerina de origem animal, cera de abelhas, entre outros. Porém, um produto vegan não significa que seja natural, pois pode conter conservantes sintéticos

E sabe qual é a diferença entre cosméticos naturais e orgânicos?

Cosméticos naturais – Os produtos que não contêm parabenos, fragrâncias, componentes e conservantes artificiais, derivados de petróleo ou silicones, mas apenas ingredientes naturais, que podem ser de origem vegetal, mineral ou animal. No entanto, o natural não é necessariamente orgânico. Um produto é considerado natural quando tem ingredientes da natureza, mas inclui versões sintéticas de ingredientes naturais, como a vitamina E

Cosméticos orgânicos – Além dos naturais, os cosméticos orgânicos são livres de ingredientes geneticamente modificados e sintéticos. O selo de certificação implica que, além da garantia dos ingredientes, também há o controlo de toda a cadeia produtiva, desde os fornecedores de matéria prima até à fase final de produção. Os produtos são produzidos com matéria prima livre de agrotóxicos e cultivados organicamente. Os cosméticos orgânicos têm como principal vantagem a pureza da sua composição, com fontes naturais, sustentáveis e renováveis de matérias primas, promovendo a saúde do meio ambiente e não expondo a pele a compostos químicos tóxicos.

Onde posso comprar cosméticos naturais e orgânicos?

Procure produtos com selos de certificação, atribuídos por organizações credíveis e reconhecidas, como a EcoCert, NaTrue, Soil Association, a BDHI e a USDA Organic. Esta é uma garantia de que os produtos são seguros, já que a percentagem de ingredientes orgânicos (de 70% a 100%) varia consoante as marcas.

Loja Organii na LX Factory

Loja Organii na LX Factory, em Lisboa

Em Portugal, pode encontrar diversas marcas de cosmética natural e orgânica, como a Cattier, Weleda, dr.organic, Coslys, Mádara, JĀSÖN, Unii, Sante e Centifolía, em lojas como o Celeiro, a Organii, a Miosótis e a loja online The Green Beauty Concept.

Acharam a informação útil?

Acompanhem-me também no Facebook e Instagram

Rita Carvalho

Comentários sobre o post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.