O estilo das escandinavas

Minimalismo e simplicidade são dois atributos associados ao estilo escandinavo, que é famoso sobretudo na área decoração. Aliás, quem não tem artigos do Ikea em casa? Este estilo é conhecido pelo mobiliário minimalista e de madeira, paredes brancas, iluminação acolhedora, bem como apontamentos de cor, através de quadros, acessórios e plantas.

Depois do lançamento de livros como “O Livro do Hygge – O Segredo Dinamarquês para Ser Feliz” ou de “Lagom – o Segredo Sueco para Viver Bem“, que mostra como o estilo de vida escandinavo, que privilegia a harmonia, o equilíbrio e a satisfação, podem ajudá-la a alcançar a felicidade, ficamos mais atentas à (boa) influência dos países nórdicos, no qual se encontram a Noruega, Suécia, Dinamarca, Finlândia e Islândia.

E adotar este estilo de vida nórdico também representa procurar reduzir o seu impacto ambiental, melhorar o equilíbrio entre o trabalho e vida pessoal, libertar-se de coisas inúteis, tornar-se uma consumidora mais consciente, valorizar as relações com aqueles que ama e, até mesmo, produzir os seus próprios alimentos. Ou seja, viver de forma equilibrada.

Vale a pena, ainda, relembrar que o World Happiness Report 2017 elegeu a Noruega, como o melhor país ao nível da “felicidade global”, seguindo-se a Dinamarca (2º), Islândia (3º), Suíça (4º) e Finlândia (5º). E embora a Suécia apenas figure na 9º posição, Estocolmo é uma das minhas cidades favoritas, tal como já tinha mencionado neste artigo com dicas de viagem. Só por curiosidade, Portugal ocupa o 89º lugar no Ranking of Happiness.

O Estilo das Escandinavas

As marcas de moda nórdicas, como a H&M, Acne Studios ou By Marlene Birguer já são conhecidas entre nós, mas existem muitas outras, como Filippa K, Bruuns Bazaar, House of Dagmar ou Cecile Copenhagen.

E após a recente euforia em torno do estilo das francesas, liderado por Caroline de Maigret, Inès de la Frassange e Garance Doré, chegou a vez das escandinavas inspirarem as mulheres europeias. Como tal, selecionei algumas imagens de street style da Stockholm Fashion Week Outono 2018.

Apesar do frio ser bem mais rigoroso nos países nórdicos, com neve e temperaturas negativas, os tons pastel e cores vivas prevalecem, em vez do tradicional preto e cinzento característico no nosso país. Além disso, veja como pode conseguir a harmonia, a simplicidade e o equilíbrio do design escandinavo, de forma elegante, moderna e criativa.

Looks de Inspiração da Stockholm Fashion Week
1.Candy Colors – Cores doces para aumentar a felicidade

Substitua o preto, o cinzento e o camel por candy colors ou tons pastel, como o azul-claro, verde-água, rosa-blush e amarelo-limão. Os tons suaves, que fazem lembrar as guloseimas, surgem conjugados com apontamentos de laranja, azul-cobalto e branco para dar maior luminosidade, vivacidade e energia ao coordenado.

2. Vermelho e tons pastel – O equilíbrio das cores

O vermelho é uma das cores tendência, mas na hora de o combinar as escandinavas preferem os tons pastel, como é o caso do lilás e do rosa-suave. Assim, consegue um equilíbrio de cores, de forma jovem e moderna.

3. Modernizar o xadrez – Cores alegres e jogo de dimensões

Este é um padrão clássico, que nunca passa de moda. Desde o xadrez Vichy, ao Príncipe-de-Gales ou Tartan (escocês), não há motivo para o usar de forma aborrecida. Experimente usar o xadrez com tons mais vivos ou até mesmo conjugar este padrão em peças de diferentes dimensões. Os acessórios são perfeitos para dar aquele toque final mais trendy ao seu look.

4. Bolinhas – Com muita pinta e criatividade

Os tecidos com bolinhas preto e branco fazem lembrar os visuais das pin-ups dos anos 50, mas na versão moderna podem ser combinados com peças de riscas ou xadrez. Aqui ficam dois bons exemplos de perfeita harmonia da técnica mix & match.

5. Acessórios de inverno – Personalizar com estilo

Se não dispensa o cachecol, luvas ou gorro, então use-os como acessórios statement, ou seja, em destaque. Além disso, a mala e os sapatos também são uma excelente forma de personalizar o seu look, dando-lhe mais cor e textura. Um cachecol colorido, uma gola de pelo, uns sapatos animal print e uma mala trendy são perfeitos para mostrar que está atenta às tendências, mas que não é uma “fashion victim” (que segue sempre as tendências de moda).

O que acharam destas propostas?

Acompanhem-me também na página de Facebook Instagram

Rita Carvalho

Comentários sobre o post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.